Tenha sua Loja Virtual Agora!

http://www.gg4.com.br/admr/criar_loja_revenda/5532

quarta-feira, 7 de maio de 2008

Parecer da Deputada Cida Diogo - P. Lei 6350 de 2002

PROJETO DE LEI No 6.350, DE 2002
Dispõe sobre a guarda compartilhada.
Autor: Deputado TILDEN SANTIAGO
Relatora: Deputada CIDA DIOGO
I - RELATÓRIO
Trata-se de Projeto de Lei que dispõe sobre a guarda compartilhada.
Aprovado na Câmara dos Deputados, o Projeto foi ao Senado Federal e agora retorna para apreciação do Substitutivo que lhe foi oferecido.
O Substitutivo modifica bastante a redação originária, estabelecendo não só regras para a guarda compartilhada, mas definindo também o que denomina guarda unilateral.
A justificação que acompanha o Substitutivo, contida no parecer da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado é bastante sintética, limitando-se a apontar imperfeições na redação da Câmara dos Deputados.
É o Relatório.
II - VOTO DA RELATORA
Cabendo a esta Comissão a análise do mérito, cumpre observarmos que tanto o Projeto originário da Câmara, quando o Substitutivo do Senado representam grande avanço e aperfeiçoamento na legislação de família.
Entretanto, o Senado Federal avançou ao disciplinar de maneira mais minuciosa as diversas situações que podem surgir relativas à guarda, tratando não só da guarda compartilhada como também da unilateral.
É verdade que neste campo é preciso dar muita flexibilidade às normas, a fim de que não se limite o julgador quando da análise dos casos concretos. Mas também é verdade que a lei precisa dar limites mais precisos aos institutos de que trata.
Concluímos que a adoção do Substitutivo do Senado Federal é a opção que melhor atende aos ditames constitucionais de proteção integral a crianças e adolescentes, no interesse da família brasileira.
Nosso voto é, pois, pela aprovação, no mérito, do Projeto sob exame, nos termos do Substitutivo oferecido pelo Senado Federal.
Sala da Comissão, em 28 de abril de 2008.
Deputada CIDA DIOGO
Relatora

Um comentário:

  1. Sinto muito, mas se o casal se separou é porque não se davam bem...essas crianças vão virar bucha de canhão.

    ResponderExcluir